A liberdade criativa in jau la da...






A genialidade é inimiga directa da publicidade,  e prima carnal da vaidade esvoaçante do ser humano que não pensa!, aquele  que apenas vive exdruxulamente  ao sabor da corrente que o leva em direcção ao nada do infinito terreno!. (Silvino Potêncio)

No linguajar transmontano da minha infância, quantas vezes eu escutava o comentário; ele tem cá um gênio!... E isto acontecia sempre de cada vez que alguém me dizia para fazer algo, e eu a contragosto,  fazia tudo do meu jeito! 
Anos depois eu comecei a escrever pela regra gramatical que me era imposta porém ela começa sempre pela fonética! A título de exemplo: escrevemos coliseu, mas escutamos "culiseu"?! e... mais uma vez eu me perguntava, porque cargas d'água eu tinha de "gramar" aquilo?
Eram  horas de sono perdido a decompor as palavras, a tentar encontrar o sujeito oculto, o complemento directo, o artigo definido indefinidamente no tempo do verbo e da verborreia da firula,  e do sinônimo do antônimo, do trocadilho e tudo debaixo de uma senhora chamada "semântica" literária, etc etc... além disso tinha uma senhora muito cruel que se chamava de Filologia. A ela eu quase  sempre lhe respondia; fi-lo porque qui-lo mas ela me exigia para escrever tudo por extenso ou seja; em vez de quilo eu tinha de escrever "quilograma" - é como está na gramática e na matemática caraaaaago!  
Foi quando eu arranjei uma tremonzela, que apelidei eu mesmo de "catramonzelada" e de maneira acentuada (sem acentos) assentei-lhe esta regra com a minha tremonzela:


 Consultei os meus alfarrábios, conselhos de outros escribas mais sábios que falam sem mexer os lábios e encontrei génios esquecidos nos livros a dormir nos meus armários!... Hilários como este da terra dos "Avecs" tão Voltários: 






Nota de rodapé: estes são alguns dos pensamentos extraídos do meu livro "Molduras em Pensamento... ou Pensamentos Emoldurados" que os leitores poderão ler dentro em breve! Mas só quem tiver computador porque as "catramonzeladas" são tantas que nem cabem na memória "Matus Além"!!!

1 comentário:

  1. Nota de rodapé: estes são alguns dos pensamentos extraídos do meu livro "Molduras em Pensamento... ou Pensamentos Emoldurados" que os leitores poderão ler dentro em breve! Mas só quem tiver computador porque as "catramonzeladas literárias" são tantas que nem cabem na memória "Matus Além"!!!

    ResponderEliminar

O tempo é ouro! por isso eu agradeço a todos por dividirem o vosso aqui comigo. Sejam benvindos ao meu Blog da liberdade de brincar com as palavras em Português e outras línguas!

Catramonzeladas Literárias

Assim se fala, assim eu escrevo

Em homenagem póstuma à Saudosa Amiga Maria Fernanda Pinto eu vos trago aqui um texto em resposta a uma das últimas Cartas que ela me e...