Quanto mais rimos, mais tristeza escondemos


Recentemente (Out.2019) eu tive a oportunidade de visitar esta Minha Querida Amiga e Conterrânea Poetisa Graziela Vieira, que mora actualmente em Ourém (Próximo a Fátima). Esta que foi uma das maiores incentivadoras da minha produção literária, principalmente os escritos que eu faço em referência às nossas origens comuns em Trás Os Montes, aliás posso até afirmar aqui que, não fossem as cartas dela e de outros Autores, com certeza eu não teria chegado até aqui a vós leitores.
- Rimos um pouco mas, e repetimos o prefácio que ela me fez tantos anos atrás! ---  "Quanto mais rimos, mais tristezas escondemos"! 
- A isso, eu acrescentei o verso do velho Fado "Eu canto p'ra não chorar, chorando canto também. Eu vivo só pra cantar toda a dor que vida tem!..." Um Fraterno Abraço a todos(as) e Bem Hajam pela leitura!



Aproveito para lembrar aos interessados; 
Os meus livros impressos pode ser adquiridos directamente da Editora através deste link: 
https://www.agbook.com.br/authors/231654
No período de 09.03 a 16.03.2020 teem desconto de até 40% 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O tempo é ouro! por isso eu agradeço a todos por dividirem o vosso aqui comigo. Sejam benvindos ao meu Blog da liberdade de brincar com as palavras em Português e outras línguas!

Catramonzeladas Literárias

Ou vivemos todos juntos como Irmãos...

De: Silvino Potêncio > O virus e a Casca de Quina-Quina. Das múltiplas riquezas naturais da Amazônia, cuja extensão territoria...