Crônicas da Emigração



A fonte inspiradora para o começo destes textos e crônicas da
minha autoria, algumas delas escritas de  forma satirizada, ela partiu da minha eventual colaboração virtual ao Jornal do Portugal Club.


Tal publicação virtual tratava-se de uma mera colaboração escrita na ONG sediada no Brasil, à época da elaboração das Minhas primeiras Crônicas da Emigração como Emigrante Transmontano no Brasil. 
Algumas dessas crônicas estão recuperadas e já incluídas aqui neste volume e em blogs meus já desactivados pelo Portal Portugalmail.pt. 
Entretanto o meu maior incentivador para escrever este livro dedicado a todos os Emigrantes de Lingua Portuguesa, foi o Saudoso Amigo Dr Carlos Leite Ribeiro, Fundador do Portal C.E.N. (Cá Estamos Nós) o qual se tornou na época uma das muitas fontes literárias no Mundo da Lusofonia. O Carlos era um pesquisador nato e a sua contribuição para o engrandecimento da Lusofonia e Lusofilia ficou na memória de muitos Emigrantes, dentro e fora de Portugal. 
  


Posto isto, esta minha Página em conjunto com todo o Blog,  é tão só uma simples e singela forma de eu aqui expressar algumas lembranças de tudo o que chega ao meu conhecimento e que diga respeito à nossa Mãe Pátria. - Pelo menos enquanto viventes sejamos estejamos  cá na Emigração. 
De certa maneira, isto também é uma forma de matar saudades quando estamos  longe das nossas origens  e sempre em respeito à decência e ao comportamento moral e cívico em sociedade civilizada, a língua aqui escrita por mim é o que aprendemos nas nossas origens Lusitanas (Trás Os Montes).

Sem demagogia ou falsa modéstia, sempre que posso, eu colaboro e colaborei gratuitamente e de muito bom grado, neste e outros meios de comunicação virtual com alguma publicação da minha autoria que, seguindo os trâmites da lei internacional sobre a utilização dos meios de comunicação electrónica, e sempre procurarei respeitar nomes e/ou figuras quer sejam públicas ou privadas, conhecidas ou não, eventualmente citadas ou mencionadas!  
Ainda que os personagens mencionados sejam figuras públicas ou simples figurantes anônimos reais e/ou imaginários, do presente e do passado, o respeito à liberdade de cada um,  é uma verdade intrínseca e recíproca, assim espero eu!  


-   Por princípio ético-profissional (enquanto autor dos meus escritos publicados aqui no espaço virtual) mesmo que estes venham eventualmente  a ser publicados posteriormente pelo método tradicional em livro impresso,  devidamente autenticado nos órgãos competentes. Vale lembrar que toda e qualquer referência não alterada da sua forma original, será referendada ao nome de seu autor/criador original – desde que conhecido por mim, é claro! 

Até à data de hoje saíram deste meu Baú de memórias várias crônicas com subtítulos que vou relacionando nas "páginas" deste Blog:



                             Catramonzeladas Literárias



                                                         "OS GAMBUZINOS"



                                                                         "OS NÏZCAROS"








 

Um comentário:

  1. A regra universal da liberdade de criar, é não haver regras para limitar a imaginação criativa! (Silvino Potêncio)

    ResponderExcluir

O tempo é ouro! por isso eu agradeço a todos por dividirem o vosso aqui comigo. Sejam benvindos ao meu Blog da liberdade de brincar com as palavras em Português e outras línguas!

Catramonzeladas Literárias

Ler ou não ler!? eis a questão...

O JOGO SUJO DA FIFA - É um livro do Autor Andrew Jennings que nos mostra o que vai nos bastidores do Futebol Mundial - São 341 página...